Cássio se reúne com FHC pra saber até onde os tucanos podem voar.

Há exatos dez anos que o PSDB nacional não sabe o que é ganhar uma eleição. Tempo suficiente para bater um desânimo no ninho e forçar os tucanos a repensarem seu projeto de Brasil. Caminhando para mais um embate nacional, o PSDB está de volta aos mesmos problemas de sempre: falta de consenso e troca de bicadas entre os presidenciáveis, leia-se José Serra e Aécio Neves.

Pra falar sobre esses e outros assuntos, incluindo os locais, o senador Cássio Cunha Lima se encontra nesta sexta-feira, em São Paulo, com o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, espécie de guru político do partido.

Amigo pessoal de Aécio Neves, um dos presidenciáveis, Cássio quer sondar até onde os tucanos podem voar. Sempre assediado pela base do governo Dilma, o senador paraibano quer livrar-se da tentação numa conversa com o professor FHC.

Para encontrar com Fernando Henrique nesta sexta, Cássio embarcou hoje de Brasília.

E vai aproveitar o momento para expor o cenário da Paraíba e, certamente, sua eterna situação de amigos discordantes com o senador Cícero Lucena.

Vai querer ouvir a opinião do professor FHC, que cobra quase R$ 200 mil por palestra. Mas fala de graça a alguns companheiros de partido. Sobretudo aqueles que tem vôo próprio.

Luís Tôrres

 

 

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress