Publicidade

secretário de Estado João Azevedo usou a sua página oficial no Facebook, nesta sexta-feira (12), para denunciar Fake News, que são notícias falsas veiculadas por portais e rádios da Paraíba, disseminando que Pernambuco vai roubar água do Boqueirão, na Paraíba. A polêmica foi criada devido a assinatura de termo de cooperação entre os governos da Paraíba e de Pernambuco, Ricardo Coutinho e Paulo Câmara, no município de Barra de São Miguel, na manhã de hoje.

Secretário dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, João Azevedo, esclareceu que a adutora objeto da cooperação levará água para as cidades de Barra de São Miguel (PB) e Santa Cruz do Capibaribe (PE).

“É importante entender que a água da adutora não será captada na barragem de Boqueirão. Ela será feita no Rio Paraíba, dentro da cota de Pernambuco, bem antes da Bacia Hidráulica de Boqueirão”, disse João Azevedo.

De acordo com ele, esta captação acontece dentro da Paraíba por uma questão de economia para ambos os estados. Tendo em vista a proximidade de Santa Cruz de Capibaribe e o benefício que a adutora levará para a cidade de Barra de São Miguel, resolvendo em definitivo o problema de abastecimento da região.

“Ou seja, a Paraíba permite a captação e condução da água por Pernambuco e o mesmo se compromete em deixar a água no município paraibano, como contrapartida”, explicou.

O Termo de Cooperação entre os Estados foi apresentado e aprovado pelo Ministério da Integração Nacional e possibilita que os recursos públicos se tornem mais viáveis, econômicos e beneficiem mais pessoas, informou.

“Reforço que o projeto não traz nenhum risco para Campina Grande ou qualquer região da Paraíba e que as notícias tiveram apenas o objetivo de causar pânico a população”, assegurou João Azevedo, destacando a importância da água para os paraibanos.

Click PB

Comente usando o Facebook

Publicidade