Pré-candidata é demitida com mais 30 médicos.

Pré-candidata a sucessão do prefeito Veneziano, a médica Tatiana Medeiros (foto) está entre os ortopedistas demitidos do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, inaugurado pelo governador Ricardo Coutinho no final do ano passado.As demissões atingem outros 30 médicos, todos com especialização em ortopedia. Nos lugares dos demitidos, o Estado está trazendo especialistas do Rio de Janeiro, segundo denúncias surgidas na manhã desta quarta-feira (18).
O Trauma de Campina Grande passou hoje pelo mesmo processo da instituição hospitalar da Capital, depois que o governo terceirizou o serviço de saúde e entregou a Cruz Vermelha Brasileira, uma Organização Não-Governamental (ONG).
A médica Tatiana Medeiros, que é secretária de Saúde de Campina Grande, ainda não se pronunciou a respeito do assunto.
Através de sua assessoria apenas considerou como “um ato de perseguição política” por pertencer ao grupo comandado pelo prefeito Veneziano Vital do Rego, do PMDB.
A informação é que a pré-candidata Tatiana Medeiros encabeça a lista dos médicos-ortopedistas demitidos. Marcone Ferreira.

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress