Ricardo pode ter ‘ressuscitado’ hoje o porto de águas profundas da Paraíba

O governador Ricardo Coutinho pode ter dado hoje a largada para a instalação do porto de águas profundas da Paraíba.

Ele recebeu à tarde no Palácio da Redenção representantes da DTA Engenharia Ltda, de São Paulo – mesma empresa contratada no governo José Maranhão para realizar estudos que viabilizassem o porto,

No encontro foram alinhavados entendimentos para que a empresa volte a prestar serviços ao Governo do Estado.

Criticado por Coutinho na campanha eleitoral, a reunião de hoje sinaliza que o governador mudou de idéia e pode vir a trabalhar para a implantação do porto, considerado por vários segmentos produtivos paraibanos como o mais importante projeto estruturante do Estado.

Inicialmente projetado para Lucena e na seqüência remodelado para Mataraca, o porto paraibano sofreu seu principal revés com o anúncio de uma unidade similar em Pernambuco – resvalando também no Governo, acusado de negligenciar o projeto.

Águas e investimentos profundos
De acordo com as projeções feitas ainda no governo Maranhão, o porto demandará investimento estimado da ordem de R$ 3 bilhões.

Os recursos viabilizarão um equipamento com calado de 17 metros (o que o transformaria em um dos mais profundos da região), possibilitando a atracagem de navios de grande porte (navios que transportam 70 toneladas exigem calado de 13 metros), e também a construção de uma retroárea capaz de escoar produtos da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress