Rômulo nega, mas deputado governista diz que reunião de emergência foi para barrar CPI.

Uma reunião de urgência entre Rômulo Gouveia (PSD) e os deputados da base de sustentação da Assembléia Legislativa foi registrada no início da tarde desta quarta-feira  (28) em um dos restaurante de João Pessoa.A discussão girava em torno da crise vivenciada pelo governador Ricardo e pelo prefeito Luciano Agra, ambos do PSB,  acusados pela imprensa nacional de envolvimento em suposto superfaturamento e desperdiço de dinheiro público com a implantação do Jampa Digital.

O governador em exercício, Rômulo Gouveia, negou que o encontro tivesse qualquer conotação política, mas se negou a comentar o motivo da reunião.
Rômulo Gouveia  disse que estava no encontro apenas como convidado. “Lindolfo Pires, secretário Chefe da Casa Civil, me chamou”, disse.

Indagado sobre os supostos desmandos do Jampa Digital, implantado na administração do então prefeito Ricardo Coutinho – que pretendia oferecer internet gratuita para a Capital – Rômulo defendeu que a apuração das denúncias deve ser  feita pela Câmara de Vereadores e os secretários que assinaram o contrato com a Idéia Digital se responsabilizassem por seus atos.

Apesar da negativa de Rômulo, um deputado governista admitiu  que a conversava girava em torno da intenção da oposição de  instalar uma CPI na Assembléia a fim de  apurar responsabilidades sobre o projeto que nunca funcionou na capital.

 

 

 

 

 

 

 

   Redação Clik pb

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress