Governador presta solidariedade à família de policial morto em Campina Grande.

O governador Ricardo Coutinho prestou solidariedade, neste sábado (21), à família do cabo José Morais de Souza, durante o sepultamento do policial, no cemitério Parque Campo Santo da Paz, em Campina Grande. Cabo Souza foi morto por uma quadrilha de assaltantes de banco quando fazia uma operação, na última sexta-feira (20), na rodovia que liga a cidade de Areia ao município de Alagoa Grande, no Brejo.

Na ação, um assaltante também morreu e outro foi recapturado. “É uma fatalidade que entristece não só a Polícia Militar, mas a todos nós”, disse o governador, lamentando o fato de o policial não estar usando o colete, mesmo que o equipamento estivesse à disposição na viatura, informação confirmada pelo cabo José Orlando Costa, que foi baleado pela quadrilha, mas seu estado de saúde é bom.

Ele está internado no Hospital Antonio Targino. Ricardo Coutinho reafirmou que a Polícia vai continuar sendo implacável contra os assaltantes e tudo fará para que o restante da quadrilha seja presa. “A Polícia está na vigilância 24 horas, não apenas por conta desse crime específico, mas também porque nós precisamos afirmar claramente que a Paraíba não é um bom lugar para bandido”, ressaltou. Ele ainda anunciou mais investimentos na Segurança Pública com a aquisição de 100 viaturas e 200 veículos, além de armamentos. Ricardo lembrou que no semestre passado o Governo do Estado comprou três mil coletes para os policiais.

VISITA

Após o sepultamento do cabo Souza, o governador Ricardo Coutinho , o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, e o secretário Lúcio Flávio visitaram o cabo José Orlando, no Hospital Antonio Targino, para prestar assistência e desejar pronta recuperação ao policial. O cabo Orlando confirmou que os coletes estavam à disposição dele, mas por excesso de confiança e até comodidade não usou o equipamento, assim como o cabo Souza. Ele ainda ressaltou que a guarnição foi avisada que uma quadrilha assaltara um banco em Lagoa Seca, mas os policiais previram que os bandidos iriam em direção à BR-230 e não para o Brejo. Em seguida, o governador Ricardo Coutinho visitou o Hospital de Trauma, onde conversou com pacientes, funcionários e médicos e constatou a normalidade do atendimento.
Secom-PB

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress