Publicidade

A reforma completa durou oito meses de trabalho voluntário, campanhas e doações

Após oito meses de trabalho voluntários realizados aos domingos e intensas campanhas de doações lideradas por Rosângela Oliveira, através do grupo de voluntários da Alpargatas de Ingá, auxiliado por grupos ligados a Igreja Católica e religiosos, foi concluída a reforma completa do Centro Paroquial São Vicente de Paulo, localizado na Avenida Floriano Peixoto, centro de Ingá.

Segundo Rosângela, embora não tenha concluído o levantamento final dos custos da obra, os gastos ultrapassam com certeza os dez mil reais. Estes recursos foram provenientes inicialmente do prêmio que o Grupo de Voluntários da Fábrica Alapargatas de Ingá ganhou em concurso nacional com o trabalho voluntário de construção de sete casas para famílias carentes; doações da comunidade e colegas funcionários da Alpargatas de outras cidades e estados do Brasil; realização de rifas e doação de material de construção por parte da prefeitura de Ingá.

O prédio do Centro Paroquial é usado para reuniões, encontros, cursos, catecismo e treinamentos. Nos últimos 10 anos estava locado à Prefeitura Municipal de Ingá, que o usava como extensão da Escola Municipal de Ensino Fundamental Major José Barbosa Monteiro e creche, porém, foi suspenso na gestão atual por absoluta falta de segurança devido a deterioração de suas instalações.

Em reunião no início do ano com o Grupo de Voluntários da Fábrica Alpargatas, já habituado a construir casas e ações em escolas, Rosângela sugeriu fazer diferente desta vez. Usar o valor do premio conquistado no Programa de Voluntário Empresarial, desenvolvido pelo Instituto Alpargatas, para dar o pontapé inicial na completa reforma do Centro Paroquial da Igreja Católica, em razão de sua importância para a comunidade. O desafio foi aceito pelo grupo, que conta inclusive com membros evangélicos mas que não se opuseram e trabalharam com a mesma dedicação.

Grupo em ação em dia de muita poeira
Grupo em ação em dia de muita poeira

As dificuldades foram maiores do que construir casas, mas o resultado da dedicação e do trabalho intenso aos domingos, onde pessoas abdicaram do descanso e do lazer durante oito meses,  foi não só o sucesso da obra erguida, mas também a indescritível sensação de fazer o bem sem olhar a quem e ser útil à sociedade.

Vale destacar o esforço de alguns funcionários da Alpargatas, que prestaram seus relevantes serviços em dias de semana normal, após prestar seu expediente na fábrica ainda encontraram forças para se dedicarem ao trabalho  voluntário. Sem dúvida, são os verdadeiros guerreiros do bem, liderados, motivados e instrumentalizados positivamente por Rosângela Oliveira. Vocês são fantásticos e já estão marcados para sempre na história de Ingá escrita não pelos poderosos, mas por quem admira, reconhece e incentiva GENTE QUE FAZ com simplicidade, dedicação e amor ao próximo.

Missa salão paroquial

A inauguração do novo Centro Paroquial São Vicente de Paulo foi marcada pela realização da missa celebrada pelo Padre Severino Barbalho, que enalteceu o trabalho desenvolvido e agradeceu a todos que contribuíram com a reforma. A missa estava programada inicialmente para ser campal, porém devido ao tempo chuvoso, foi realizada nas dependências do novo Centro Paroquial que não comportou a grande quantidade de fiéis presentes, tendo ocupado as salas, corredores e calçada.

Rosangela oliveira e padre severino

Ao final da missa Rosângela usou da palavra para agradecer as pessoas que trabalharam e contribuíram, desejando que o prédio seja efetivamente usado no dia a dia, fazendo valer ainda mais o esforço empreendido.

GRUPO DE VOLUNTÁRIOS DA ALPARGATAS

Rosângela e o Grupo de Voluntários da Alpargatas estão de parabéns, e pelo jeito, diante da empolgação demonstrada, outras ações virão. O GAS (Grupo de Ação Solidária), está dando um verdadeiro “gás” de solidariedade no município de Ingá.

Confira o resultado do trabalho com as fotos do antes e depois.

frontal

salas

IMAGENS INTERNAS DO NOVO CENTRO PAROQUIAL SÃO VICENTE DE PAULO

centro paroquialDa redação IC

Comente usando o Facebook

Publicidade