Ex-diretor da Petrobras deu dinheiro para a campanha de Dilma, noticia´Veja´

O ex-ministro Antonio Palocci teria pedido a Paulo Roberto da Costa, ex-diretor da Petrobras, R$ 2 milhões para a campanha de Dilma Rousseff à Presidência em 2010.

Conforme depoimentos dados por Paulo Roberto a policiais federais e procuradores, na época Palocci era coordenador da campanha de Dilma e o dinheiro viria da “cota do PP” na Petrobras.

O relato está na edição da revista Veja deste fim de semana.

De acordo com a publicação, Paulo Roberto acionou o doleiro Alberto Yousseff para providenciar a “ajuda”.
O ex-diretor da Petrobras, no entanto, não deu certeza se o pedido foi atendido e disse que Palocci não voltou a procurá-lo.

A revista diz ainda que Yosseff pode trazer mais detalhes sobre o episódio e esclarecer se o dinheiro foi, de fato, repassado.
O ex-ministro e coordenador da campanha de Dilma em 2010, Antonio Palocci, afirmou, de acordo com a revista, “que conhece Paulo Roberto Costa, mas ‘em momento algum fez a ele pedido de qualquer natureza'”.

Palocci afirmou ainda que não se encontrou com Paulo Roberto em 2010 e que não era o responsável pelo caixa da campanha.

*fonte: veja e estadao

Fonte: Da Redação do Paraíba Online

Comente usando o Facebook