Réu que cometeu homícidio no Distrito de Pontina foi condenado a 10 anos de prisão

O Tribunal do Juri da Comarca de Ingá se reuniu nesta manhã de quarta-feira, 22, tendo a maioria do Conselho de Sentença votado pela condenação do réu João de Oliveira Junior, que matou, mediante disparos de arma de fogo, a vida da vítima Joildo de Andrade Nóbrega, crime ocorrido no Distrito de Pontina no dia 20 de fevereiro de 2012, na segunda-feira de carnaval, por volta da 18:00 hs.

220520131873

A revista com detector de metais foi implementada na entrada do salão do juri como medida de segurança.

220520131876

O Juri foi presidido pela Exma. Dr. Juliana Duarte Maroja, Juíza em Substituição da Comarca de Ingá, por afastamento justificado da titular, Dra. Francilene Lucena Melo Jordão.

220520131883

Na acusação, atuou o 2º  Promotor de Justiça da Execução Penal da Promotoria de Justiça Criminal de Campina Grande, Dr.  Arlindo Almeida Silva, também em substituição à titular, Dra. Claudia Cabral Cavalcante, por afastamento justificado.

220520131885

A defesa do réu foi promovida pelo ilustre advogado, Bruno César Cadé, OAB 12.591

O réu confessou o crime, porém, os jurados consideraram a tese de tê-lo praticado sob violenta emoção, defendida pelo advogado e aceito pelo Ministério Público, fato atenuantes que ajudaram a reduzir sua pena na sentença aplicada pela MM Juíza.

Veja a leitura da sentença:


Comente usando o Facebook