Tribunal do Júri acata tese de legítima defesa e absolve réu em Ingá

Defendida em plenário pelo advogado Josevaldo Alves de Andrade Segundo, a tese de legítima defesa foi acatada pelo Tribunal do Júri da Comarca de Ingá, que absolveu o réu Wagner Bertônio de Macedo Alves, vulgo “Ferrinho”, por maioria dos votos. Atuou como auxiliar da defesa, o estudante de direto Matheus Henrique Barbosa de Medeiros Soares.

CRIME DO GENTIL: réu é condenado a 12 anos de prisão

O crime ocorrido há 24 anos no sítio Gentil, município de Ingá, praticado por João Herculano da Silva, conhecido por João Vaqueiro, que tirou a vida da vítima José Bento de Araújo, conhecido por João Novo, mediante golpes de faca peixeira, foi julgado na manhã desta terça-feira, 8 de novembro. Logo depois de cometer o […]

Júri popular absolve réu do crime de tentativa de feminicídio, mas é condenado por lesão corporal e disparo de arma de fogo a mais de seis anos de prisão

Por maioria dos votos,  o conselho de sentença considerou que o réu José Veríssimo da Silva, vulgo Romeu, apesar de ter feito disparos, não teve a intenção de matar a vítima Girlene Araújo da Silva. O crime foi desclassificado ficando a critério da juíza presidente da sessão do Júri, Dra. Rafaela Pereira Toni Coutinho, a […]

INGÁ: Júri absolve Bigode pela morte de Batoré. Legítima defesa

Na manhã desta terça-feira (14), foi realizada a 4ª Sessão da 2ª Reunião Ordinária do Tribunal do Júri da Comarca de Ingá, nos termos da Ação Penal, Processo n° 0000434-86.2014.815.020, que tem como réu José Roberto da Silva Barbosa,  vulgo Bigode, acusado pela morte de Edeilson Cabral da Silva, conhecido como Batoré, fato ocorrido no […]

Tribunal do Júri absolve réus em Ingá

Foram levados a julgamento os réus Joselito da Silva e Maria da Glória de Souza, acusados de envolvimento na morte trágica da vítima João Roberto de Araújo Sales, encontrado morto próximo a linha férrea de Ingá, com a perna decepada pelo trem, conforme  laudo técnico da perícia constante no processo.

Val é absolvido pelo Tribunal do Júri de Ingá

O réu Valdemir dos Santos Oliveira, popularmente conhecido como Val, acusado de homicídio contra a vítima Valmir Barbosa de Farias, foi absolvido pelo Conselho de Sentença em sessão realizada no Tribunal do Júri da Comarca de Ingá, na manhã desta terça-feira, 08 de março de 2022.