Transposição do São Francisco tem prejuízo de R$ 8,6 milhões

Pelo quinto ano seguido, o Tribunal de Contas da União (TCU) encontra graves problemas na obra de transposição do rio São Francisco, uma das mais importantes obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Superfaturamento de preços, falta de fiscalização e atrasos foram os principais problemas encontrados na última fiscalização do TCU no eixo leste do projeto, que já apresenta prejuízo estimado em R$8,6 milhões. A auditoria foi feita entre junho de 2010 e maio de 2011. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

A obra já excedeu o orçamento original em mais de 30% e, na melhor das hipóteses, será concluída com cinco anos de atraso. O projeto já exibe sinais de abandono em vários trechos, com estruturas de concreto estouradas, rachaduras e vergalhões de aço retorcidos.

Terra

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress