Tribunal do Júri da Comarca de Ingá condena homicida de Itatuba

Juíza dosa a pena em 14 anos e oito meses de prisão em regime fechado.

Foi realizada na quarta-feira, 29, a 2ª sessão da 2ª reunião ordinária do Egrégio Tribunal do Júri da Comarca de Ingá, onde foi submetido a julgamento o réu, Antonio Ferreira do Nascimento Filho, que responde pelo crime de homicídio qualificado, em razão de ter matado o Sr. Heleno Pedro da Silva.

290520131932

 

O crime ocorrido no Bar do Bacurau na cidade de Itatuba no ano de 2011, e executado com um único golpe de faca, que atingiu o coração da vítima.

290520131934

Atuou na banca de acusação o representante do Ministério Público, o Dr. Arlindo Almeida Silva, Promotor de Justiça em substituição na Comarca de Ingá, que acusou o réu de ter cometido o crime por motivo fútil e de forma a impossibilitar a reação e defesa da vítima.

290520131935

 

A defesa do Reú foi patrocinada pela Defensoria Pública na pessoa do Dr. José Régis da Silva, que defendeu a tese de legítima defesa.

290520131952

Ao final dos debates, o conselho de sentença reunido a portas fechadas,, por maioria dos votos, acatou a acusação defendida pela promotoria e condenou o réu. A juíza singular passou a dosar a pena estipulada em 14 anos e 8 meses de prisão em regime fechado, em razão do comportamento do acusado na prisão, bem como por responder a outro processo criminal.

O tribunal do Júri da Comarca de Ingá voltará a se reunir no dia 26 de junho para nova sessão de julgamento.

Comente usando o Facebook