Policiais civis se reúnem e podem decidir por greve por tempo indeterminado.

A Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba realiza na noite desta segunda-feira, 12, Assembléia geral extraordinária com o objetivo de discutir vários assuntos, inclusive, paralisação por tempo indeterminado.A Assembléia da ASPOL está marcada para a partir das 18h30, na sede da entidade, na rua Desembargador José Peregrino, Centro de João Pessoa.

Além da paralisação por tempo indeterminado a pauta prevê ainda discussão sobre o retorno da “Operação Cumpra-se a Lei”, representando a Corregedoria e ao Ministério Público aquelas autoridades e agentes administrativos que venham a descumprir a Legislação em Vigor; paralisação por tempo indeterminado junto com o Fórum de Representantes e com todas as categorias de funcionários públicos da Paraíba; apoio e participação dos policiais civis paraibanos a possível futura greve nacional da categoria, entre outros assuntos considerados sigilosos.

De acordo com a nota da Aspol cita que um dos motivos da convocação para a Assembléia da categoria é a falta de debate e “da decepcionante imposição absurda” do Governo do Estado de reajuste salarial real de 3%.

Para a categoria o reajuste não repõe sequer a metade da inflação anual, além do não cumprimento de Leis como a LC Estadual 9.082/2010, LC Estadual 85/2008 e da CF (Lei do Subsídio) por parte do Governo, além do descaso, desrespeito e desvalorização profissional.
Da Redação (com Assessoria)
WSCOM Online

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress