Efraim nega reclusão política no governo de RC, mas diz que DEM não aceitará imposições para PMJP.

O ex-senador Efraim Morais, presidente estadual do DEM e secretário de Infraestrutura do governo, negou nesta quarta-feira, 1, que o seu silêncio político signifique algum tipo de reclusão ou anulação política dentro do governo. Ele avisou que o  seu partido, o DEM, em João Pessoa, não aceitará imposições de candidaturas na disputa pela prefeitura de João Pessoa.
“A minha secretaria tem sido a que mais se destaca no governo pelo volume de obras. Não há exclusão, cabe o governador falar pelo governo, enquanto nós cuidamos da administração”, disse Efraim, que nesta quarta-feira participou da abertura da sessão legislativa da Assembleia.
“Mas quanto a sucessão, não temos definição alguma, vamos conversar, e não sou eu o presidente, que decido, tenho que ouvir o partido”, disse Efraim, sobre ma sucessão, em João Pessoa.
Segundo o ex-senador, falam pelo partido politicamente o deputado federal Efraim Filho e os parlamentares estaduais.
“Não me recuso a dar declarações, mas os parlamentares estão disponíveis e fazem declarações diariamente”, reforçou o ex-senador.
João Costa

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress