Parlamentar de CG acusa Governo de forjar documentos para justificar demissões na Paraíba

O vereador Cassiano Pascoal (PMDB) saiu em defesa do médico Bruno Brilhante, alvo de acusações do secretário de Saúde do Estado Waldson de Sousa nos últimos dias na imprensa, e acabou classificando a atitude do Secretário com uma tentativa de justificar as demissões dos médicos do Hospital de Trauma de Campina Grande.No seu microblog Twitter, o vereador peemedebista acabou postando acusações contra o Governo do Estado. “Quem tem prática em forjar documentos não são os médicos de Campina e sim o senhor governador da Paraíba. Querer justificar as demissões dos médicos com mentiras e provas forjadas é crime”.

Na defesa do presidente da Cooperativa de Ortopedistas de Campina Grande, Bruno Brilhante, Cassiano disse atestar o seu caráter ilibado e as qualificações do profissional, “se o Governo quer privatizar a saúde do Estado, que faça sem macular a imagem de pessoas de bem”.

Ainda no Twitter, o vereador postou que vai apresentar na Câmara Municipal de Campina Grande um voto de solidariedade ao médico pelas falsas acusações que recebeu por parte de representantes do Governo do Estado.

Redação com Assessoria

Comente usando o Facebook

plugins premium WordPress